Mesmo com a crise econômica em alta, o Brasil ainda é um bom lugar para investir

Agências internacionais que avaliam o risco de investimentos dos países destacam que o Brasil não está na pior fase diante da economia atual

Investir no Brasil, mesmo com a crise econômica, é uma caixinha de surpresa. Mas será que vale a pena correr esse risco? Para as principais agências internacionais – S&P (Standard & Poor’s), Fitch Ratings e Moody’s que classificam o risco de crédito no país –, sim, ainda vale investir, embora os riscos sejam visíveis.

Em fevereiro deste ano, as agências divulgaram um relatório que classifica o Brasil em grau especulativo, ou seja, com uma qualidade baixa (BB) para investimentos. Embora a análise demonstre que, anteriormente, o país já esteve na categoria de “grau de investimento” com qualidade média, sendo assim, recebendo uma nota superior (BB+).

 

Contudo, para tratar das expectativas geradas ao investir aqui, em dezembro de 2015, o SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) divulgou um relatório

Com a expectativa para 2016, no qual 49% das empresas acreditam que este ano seria melhor, 22% esperariam um ano igual ao de 2015, 22% acreditam em um ano “pior” e 7% não souberam responder.

Segundo a maioria dos respondentes – no total, 6.148 empresas participaram da pesquisa – informaram que o ano de 2015 foi relativamente difícil para a maioria das MPE (Micro e Pequenas Empresas), corroborando com 71%.

Tudo ou nada: a experiência de um jovem rapaz ao abrir o seu primeiro negócio

Os pequenos vidros de pimentas expostos no balcão eram destinados a quem realmente gostava de brincar com fogo. A caligrafia colorida com os dizeres dos cardápios de comidas e bebidas distribuídas nas lousas espalhadas nas paredes prendia a atenção de quem nunca teve uma letra tão legível.

“Estou atrasado, né?”. Juan Pablo, formado em Administração de Empresas e com MBA em Gestão Empresarial, chegou e me cumprimentou com um aperto de mão. Vindo de uma família argentina, Juan me pediu mais três minutos de acréscimos – que na verdade, se tornaram cinco – para respirar o ar que lhe faltava, metaforicamente.

juanitos

Restaurante Juanito’s | Reprodução

Embora as receitas das empanadas fossem de sua família, o restaurante não nasceu de pai para filho. Longe disso. Juan sempre teve vontade de abrir um local que pudesse resgatar tradições argentinas daquele fiel caderno de receitas, até que se juntou com dois sócios e há quase dois anos deram início ao Juanito’s Empadas Artesanales.

Mesmo localizado em um dos bairros próximos à renomada Avenida Paulista, questionei sobre a maior dificuldade que Juan já passara, desde o começo do restaurante. “Dinheiro!”, exclamou. “Todo mundo sofreu – e sofre – com a crise que vivemos até aqui, em qualquer ramo de negócio. Então a ideia é trabalhar com um time mais enxuto. E não fazer loucuras sem estar com os pés no chão.” – alertou Juan.

Mesmo assim, ele tem a expectativa de que o crescimento seja de 20%, embora a economia interna oscila no requisito de varejo. Já o valor financeiro investido até aqui foi de 200/300 mil reais.

O lugar pequeno emprega nove funcionários que atendem um público diversificado, tanto os moradores do bairro quanto turistas vindos da América Latina – argentinos, paraguaios, uruguaios – encontra na casa um lugar para relembrar as origens.

Vale ressaltar também que para os especialistas de economia, é importante os marinheiros de primeira viagem terem estudos complementares e extensivos – como, por exemplo, compreender o que é Tesouro Direto e como funciona a Poupança – para, então, investir financeiramente.

O breve bate-papo rendeu um convite para eu voltar mais vezes ao restaurante, mas que, nesta futura próxima ocasião, eu leve a minha equipe de jornalismo – para ficar tão fascinada como eu fiquei ao me deparar uma parede carimbada com rótulos de cervejas argentinas que já passaram pela casa. É um gibi interminável. Acredite!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s