Um Canhoto Contemporâneo

Em “A Revolução Tranqüila”, Mauricio Rabbufetti revela o perfil do ex-presidente uruguaio, José Mujica, vulgo “el Pepe”. A narrativa mescla histórias do antigo guerrilheiro do MLT (Movimento Liberal Tupamaros), do homem público e do cidadão do mundo que se tornara.

Ao longo do livro, é possível notar os cacoetes do presidente e de seu País. Uma nação, reconhecidamente por ser liberal, e que soube amadurecer leis progressistas sobre maconha, aborto e o casamento homosexual.

Depois de ganhar renome internacional, e tido como um presidente popular, Mujica também tentou intervir em assuntos polêmicos dos americanos, como o caso dos presos de Guantánamo e na aproximação entre Cuba e os Estados Unidos.

No entanto, o liberal de esquerda e figura mundial, também sofreu muitas criticas pela população uruguaia, inclusive por companheiros de partido. Segundo eles, Mujica não cumpriu os principais objetivos em seu mandato e por muitas vezes adotou características de um político de centro – diferente de suas raízes anarquistas e canhotas.

Rabuffetti entrelaça todos estes elementos e amarra em uma única história rica de detalhes que nos faz compreender a figura do ex-presidente. No perfil, ressalta a todo o momento o estilo de vida simples de um indicado ao prêmio Nobel da Paz, de um sul-americano, de um Pepe, o Mujica. A leitura vale a pena!

54a15999-4978-41fd-abdb-251a07f5e67d

Por Mauro Balhessa

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s